Plimun.com
Notice
  • There is no category chosen or category doesn't contain any items

Veja 12 projetos fotográficos incríveis com animais resgatados e adotados

As fotos são lindas, especiais e comoventes justamente por serem honestas, naturais e cheias de amor, com animais respeitados e histórias de superação. A adoção por amor é linda e muda destinos!

 

1. Este alpinista encontrou a melhor companhia para escalar montanhas: uma gata abandonada
Fazer o que você mais gosta na companhia de seu melhor amigo não tem preço. É o caso de Craig Armstrong, norte americano de Utah que, na verdade, virou companheiro de sua gata Millie nas aventuras alpinistas.
Abandonada com apenas alguns dias de vida, Millie foi adotada e desde então passou a acompanhar o tutor durante suas escaladas. O que ele não esperava é que a gatinha seria ainda melhor do que ele mesmo na tarefa, o que serviu de mote para a série fotográfica “My Climbing Partner Eats Chicken Liver” (tradução para português: “O meu parceiro de escalada come fígado de frango”).
“A Millie é perfeita, é um talento natural nas montanhas. Certifico-me sempre que ela come a melhor comida de gato possível”, afirmou o orgulhoso dono ao site Back Country.
Mais fotos: http://www.backcountry.com/explore/my-climbing-partner-eats-chicken-liver


2. Um garotinho e seu amigo cão conquistaram a internet com registros de suas sonecas
Insistindo pra ter um cachorro, os filhos acabaram convencendo Jessica a adotar um vira-lata de apenas 7 semanas, num abrigo pra cães resgatados das ruas. Theo, como lhe chamaram, se adaptou tão bem à nova casa que passou a dormir todos os dias com um dos meninos.
Era apenas o terceiro dia do pequeno cachorro com a nova família e Beau, um dos filhos de Jessica, se preparava para o habitual cochilo da tarde. Theo quis se juntar ao momento e os dois dormiram juntos. No dia seguinte, o cão voltou a correr para o menino na hora da sesta – e assim sucessivamente, até hoje.
Era o começo da “mais orgânica e bonita amizade que eu alguma vez testemunhei”. Quem o diz é a própria Jessica, que mal consegue resistir aos encantos dos dois. Por isso, decidiu compartilhar com os leitores do Momma’s Gone City a harmonia entre Theo e Beau e a história rapidamente se espalhou pela web.
Mais fotos: http://instagram.com/mommasgonecity


3. Cão adotado e bebê se tornam amigos inseparáveis e fazem sucesso na internet
A história da dupla começou quando o cão foi adotado, ainda bebê, por Devin e Jake Crouch, no início de 2011. Toby já entrou na família antes mesmo de Carter nascer, no mês de outubro do ano seguinte. Ou seja, acompanha seu irmãozinho humano desde quando ele ainda era apenas um embrião.
A partir de então, tornaram-se inseparáveis, fazendo de tudo juntos, entre dormir, comer e brincar, como podemos observar nas fotos que a mãe coloca no Instagram. A amizade doce e leve destes dois acabou por conquistar milhares de seguidores em sua conta na rede social, número que só tende a crescer.
Muitas vezes, os cães resgatados sofrem preconceito devido ao seu possível comportamento imprevisível, consequência das dificuldades por que tiveram de passar em suas vidas antes de serem adotados. Com as fotos, além de registrar memórias incríveis das aventuras de ambos, a família espera conscientizar as pessoas de que estes cães podem, sim, se adaptar a uma nova vida, regada de amor e lealdade.
Mais fotos: http://instagram.com/carterandtoby


4. O que acontece quando uma mãe fotógrafa cria looks divertidos para seu filho e cão
Juntar bebês fofos com seus bichos de estimação igualmente fofos, só poderia dar em ensaios fotográficos que derretem os corações das pessoas. A mãe fotógrafa talentosa da vez é Grace Chon.
Zoey, a peluda simpática das fotos, é um cão de 7 anos que foi adotado de um abrigo. A história dela era triste antes da adoção: Zoey nasceu em frente a uma loja, e o dono a lavou junto com seus irmãos em direção ao ralo. Uma criança que passava pela rua viu a cena e levou os filhotes para casa, com a mãe dos cachorros a seguindo durante o trajeto. Ela entrou em contato com uma entidade que resgata animais abandonados e assim Zoey pode ganhar uma nova chance. Ela jamais poderia imaginar que ficaria famosa na internet tempos depois ao se juntar com o filho da fotógrafa de 10 meses de idade.
Mais fotos: http://zoeyandjasper.tumblr.com/


5. Você sabia que cães da cor preta costumam ter mais dificuldades para serem adotados?
Isso é o que descobriu o fotógrafo norte-americano Fred Levy após conversar com vários voluntários de ONGs e pessoas envolvidas na área de adoção de animais de estimação.
Incomodado com o fato e sabendo que projetos fotográficos auxiliam a impulsionar as adoções, o fotógrafo não pensou duas vezes ao levar os bichinhos até seu estúdio. O projeto, intitulado “Black Dogs Project”, consiste em fotos dos cães disponíveis para adoção na região de Maryland, no estado de Massachusetts, sobre um fundo preto. Se o receio das pessoas em adotar um cãozinho preto se dá pelo mito de que eles são mais agressivos, nas fotos até o preconceito se derrete!
Mais fotos: http://caninenoir.tumblr.com/

6. Fotógrafa cria ensaio retratando as expressões de seus três cães
A fotógrafa alemã Elke Vogelsang ganha a vida clicando casamentos e retratos de pessoas com os respectivos amigos de quatro patas, mas o que a apaixona verdadeiramente é entrar no estúdio com seus três cães – Loli, Scout e Noodles – e registrar as expressões, a graça, o caráter e a energia de cada um deles, que foram adotados em um abrigo (ela chega a indicar isso em seu site).
A personalidade brincalhona dos cães é visível em cada retrato, ainda que Vogelsang sinta necessidade de, por vezes, juntar alguns adereços ao cenário: um ovo equilibrado no nariz de Loli ou Scout vestido com lenços e chapéus são possibilidades a não deixar de lado. A fotógrafa dá espaço para que os animais sejam eles mesmos, mas encoraja e recompensa a obediência e a disciplina no momento dos cliques.
O resultado é um ensaio puro e genuíno, provado nas palavras da alemã: “eles gostam tanto [de ser fotografados] que a parte mais difícil é tirá-los da foto, quando não é a sua vez”.
Mais fotos: http://wieselblitz.de/en/


7. Cão resgatado de abrigo vira viajante em uma série de fotos ao redor do mundo
A vontade de alertar para o problema dos cães abandonados (são milhões em todo o mundo) levou Joanne Lefson a percorrer o mundo com a sua felpuda companhia, um cão chamado Oscar. Ele próprio resgatado de uma organização (a SPCA) na África do Sul, acabou tendo uma maravilhosa “segunda vida”, num sinal de esperança para todos os animais sem-abrigo.
Desde 2009, Oscar passou por uma série infindável de países, enchendo seu passaporte e dando vida ao projeto World Woof Tour. A passagem por locais emblemáticos como a Torre Eiffel em Paris, a Estátua da Liberdade em Nova Iorque, as pirâmides no Egito, o Machu Picchu no Peru, e por muitos outros lugares ao redor do mundo, está documentada em fotografia.
Infelizmente, um acidente com um carro na Califórnia levou cedo demais o viajado cão. Oscar faleceu no dia 11 de janeiro de 2013, mas deixou um legado importante: é preciso trazer os animais abandonados de volta à vida. Na África do Sul e no resto do mundo.
Mais fotos: http://www.worldwooftour.com/


8. Fotógrafo brasileiro registra moradores de rua com seu companheiros não-humanos.
Fotógrafo especializado em animais, Edu Leporo circula pela cidade de São Paulo em busca de histórias bacanas de moradores de rua e seus cachorros. Até agora, todas as imagens tiveram como cenário a região da Avenida Paulista. Clicados no vão do Masp, Ricardo e suas vira-latas, Madonna e Elis, são alguns dos personagens.
Leporo publica os flagrantes no blog Esta foto é o bicho. “Os donos ficam sem comer, mas não deixam faltar comida para os cães”, diz. “Meu objetivo é fazer com que essas pessoas sejam olhadas e ajudadas.”
Quem tem sensibilidade, percebe quando há filhotes explorados para ganhar dinheiro, e quando são animais tratados como companheiros. É importante que sejam ajudados a serem castrados, vacinados e vermifugados, sempre com o acompanhamento do tutor.
Muitos abrigos não aceitam animais, e essas pessoas não admitem se separarem de seus amigos, tão importante um para o outro.
Mias fotos: http://estafotoeobicho.wordpress.com/category/moradores-de-rua-e-seus-caes/


9. Como um cão de três patas devolveu a alegria de viver a uma criança com uma doença rara
Com 7 anos de idade, Owen Howkins é um dos raríssimos casos de vítimas da síndrome de Schwartz-Jamel, doença que afeta os músculos e os torna tão tensos que impedem os ossos de crescer e o doente de se movimentar. A condição do pequeno Owen influencia também a sua aparência, o que o transformou numa criança tímida e insegura.
É aqui que entra Haatchi, um pastor-da-anatólia com a própria história de superação: encontrado junto a uma linha férrea, abandonado e gravemente ferido, o cão foi adotado pela família Howkins e, com eles, foi se adaptando a viver apenas com três patas. Haatchi, apesar de toda a empatia que criou com o menino, não sabia o quanto a sua adaptação a uma vida diferente da dos outros cachorros estava mudando a percepção de Owen da sua própria diferença.
“A transformação do Owen foi imediata”, garante o pai, Will. Poucos dias depois, um menino que não queria sair à rua e tinha dificuldades em interagir, “estava anunciando, na frente da escola inteira, que queria começar a andar por conta própria, sem cadeiras de rodas, nem andarilhos”. “Ele reconstruiu toda a confiança que tinha perdido”, conclui Will.
“A melhor parte de ter o Haatchi por perto é, todos os dias, chegar a casa, da escola, e dar-lhe um abraço”, diz Owen.
Abaixo a história contada em fotos e em parte de um documentário feito por alunos da University of Hertfordshire, A Boy and His Dog (“Um Garoto e o seu Cão”).
Mais fotos: https://www.facebook.com/Haatchi


10. Série de fotos mostra cães e gatos adotados (e felizes!) com seus novos tutores
O fotógrafo Theron Humphrey rodou os Estados Unidos com uma missão nobre: registrar pessoas que resgataram animais das ruas. O motivo? Mudar a percepção do público sobre a adoção de cães e gatos.
Por meio de fotografias íntimas e depoimentos, Humphey criou o Why Me Rescue, um retrato amoroso e familiar sobre um tema cada vez mais debatido. São personalidades e histórias refletidas com grande personalidade – especialmente quando descobrimos a história dos animais, algumas, de origem desoladora (abandono, maus tratos e rinhas).
Mais fotos: http://whywerescue.com/


11. Como uma cachorra resgatada em estado terminal mudou vida de um garoto autista
Jonny Hickey era um menino de 8 anos, isolado e solitário, devido ao autismo de que sofre. Uma pequena cadela foi encontrada em estado incrivelmente frágil na beira da estrada e foi acolhida por uma instituição de proteção de animais. Jonny e Xena, a cadela, acabariam por mudar a vida um do outro.
A luta e a recuperação extraordinária da cadela, lhe valeram o nome de Xena, a filhote guerreira, por ela ter sobrevivido depois de a morte a ter ameaçado. A sua fama chegou ao Facebook, onde tem milhares de seguidores, e a instituição decidiu fazer um encontro onde ela pudesse conviver com os admiradores e ser adotada. A honra coube à família de Jonny.
Hoje, passados apenas alguns meses, a mãe do menino não tem dúvidas de que o filho nunca foi tão feliz. Ele começou conversando, cantando e demonstrando, pela primeira vez, interesse no mundo que o rodeia.
Mais fotos: https://www.facebook.com/xenaandjonny


12. Série documenta a história de amor entre uma mulher e um gato resgatado das ruas
Treze anos atrás, a fotógrafa japonesa Miyoko Ihara começou a documentar a relação da sua avó de 88 anos, Misa, com seu gatinho de olhos bicolores, Fukumaru. Desde que a senhora encontrou o bichinho, ainda filhote, abandonado nas ruas, ela o resgatou e eles nunca mais se separam. Essa linda história de amor foi documentada num livro de fotografias, chamado de Misao the Big Mama and Fukumaru the Cat. As fotografias são lindas e, se reparar nas entrelinhas, é possível observar o laço de amizade e a parceria verdadeira que extravasa pelo olhar do gato e de Misa.
Mais fotos: http://whitemanekicat.p1.bindsite.jp/nitinitikorekouniti.html

 

Compilação: União Libertária Animal
Referências: Hypeness e NOssa Matilha

Artigos Relacionados:
default thumbnail image alt
Por que resgatar uma gata grávida me fez ser ainda mais a f
Rio de Janeiro, RJ   1- RESGATE: Quando a encontrei na rua, estava faminta e com medo de maus
10 curtas independentes brasileiros sobre sociedade e animais para assistir online e despertar
10 curtas independentes brasileiros sobre sociedade e animai
  Lembra a época em que na escola adorávamos fazer resenha de filme porque era mais rápid
default thumbnail image alt
5 canais brasileiros de receitas veganas
  Canais de receitas no youtube são sempre uma ótima fonte de informação e inspiração,
ninguém é dono de animal
Ninguém é dono de um animal
Definir a submissão imposta aos animais não-humanos como também uma violência simbólica ajuda a

Publicidade

  • vetipe

Busca

Fill out my online form.
 

Vídeo

1765033
Hoje
Essa semana
Esse mês
Total de visitas
477
3686
11431
1765033

Seu IP 54.224.197.251
Agora